Encerrando ciclos

O post de hoje não é para dar dicas da Irlanda ou de qualquer país. É para me despedir do blog.

Além de compartilhar minhas vivências, ele me trouxe novas e incríveis amizades (Rafa, saímos de Osório para nos encontrarmos na Irlanda), trocas muito valiosas seja por email, inbox no Facebook e até mesmo os comentários deixados aqui na página, as mais de 6500 visualizações (algo que eu não esperava). Enfim, tive uma divertida experiência compartilhando um pouco da minha vida. Como a vida está corrida por aqui ( e em todos os lugares), o tempo que sobra deixo para curtir com outras coisas e o blog estava ficando para segundo plano. Como boa capricorniana que sou, quando começo algo gosto de me dedicar de corpo e alma e, se não estava dando para mantê-lo atualizado, melhor encerrá-lo. Ele ficará ativo por mais algum tempo até eu ter a coragem de tirá-lo do ar por completo.

Boa sorte aos que estão chegando na Ilha Esmeralda. E aos que estão pensando em fazer intercâmbio: não desistam! Apesar de todos os contratempos está sendo a melhor experiência da minha vida.

As fotos abaixo foram tiradas na minha última trip de 2014. Barcelona! Que cidade maravilhosa! Acho que meu tour guide tem 100% de responsabilidade em ter tornado a cidade especial…

camp nou

battlo

torre romana casa battlo mont

Anúncios

Brussels and Bruges – Belgium

A viagem à Bruxelas havia sido comprada para comemorar a renovação (algo que não deu muito certo). Além disso, seria a primeira vez que eu e as minhas amigas viajaríamos juntas (Debbie e Carol).  Eu havia lido que um final de semana seria suficiente e foi mesmo. Chegamos no sábado pela manhã, passamos no nosso hotel que ficava menos de 1km da estação Midi e pegamos o train para Bruges. O aeroporto de Zaventem foi nossa melhor opção. Em 30 min chegamos à estação.

IMG_3611

Resolvemos reservar este hotel, pois os hostels estavam lotados: Hotel Floris Ustel Midi. Ótimo custo benefício, quarto triplo bem legal, excelente café da manhã e próximo à estação. Recomendo.

Chegamos em Bruges no início da tarde. A viagem durou cerca de uma hora. Para chegarmos ao centro da cidade, passamos por um parque lindo em frente à estação, o Minnewater Park.

DSC_0873

Seguimos em direção à Sint-Salvator Cathedral (dos tempos romanos) é ainda mais antiga que a Igreja de Nossa Senhora.

DSC_0883

 

Não conseguimos entrar na igreja mais visitada de Bruges, a  OnzeLieveVrouwekerk (Igreja de Nossa Senhora). Ela é linda e tem uma das torres mais altas da cidade. A construção dela teve início em 1225!!Na verdade, quando nos perdíamos procurávamos por ela para nos localizarmos.  Nela você encontrará a única escultura de Michelângelo  fora da Itália: Madonna e el Bambino. Foi roubada pelos nazistas e depois recuperada.

DSC_0945

Seguimos em direção ao Grand Place –  Grote Markt. Prédios lindíssimos e arquitetura de tirar o fôlego. Nessa área, tem inúmeros restaurantes e escolhemos um para almoçar. Achamos o serviço péssimo e a famosa batata belga servida nele foi decepcionante. Na próxima vez, iremos comer na barraquinha de chips da rua que além de ser bem mais em conta, estava com uma cara ótima. Para ser sincera, eu e minhas amigas esperávamos mais de Bruges, não em relação à beleza da cidade, mas em atendimento ao turista. As pessoas são rudes. Tentamos visitar o Belfort (uma torre construída para abrigar o sino da cidade e que teve sua construção iniciada em 1300). Pelas nossas pesquisas, seria a melhor vista da cidade. Pois bem, chegamos 20 min antes de fechar e a funcionária foi extremamente grossa. Gritava que todos deveriam voltar no outro dia pela manhã, que já haviam encerrado e blá, blá, blá. Eu, que já estava irritada com a grosseria, falei para ela alterar os horários nas placas de sinalização, pois de acordo com as instruções, ainda teríamos tempo de visitar. Ele ficou mais irritada ainda e, só não me xingou com palavras de baixo calão, pois estava trabalhando.

DSC_0903

 

DSC_0895

 

Belfort

DSC_0937

 

Próximo ao Grand Place fica a Burg, outra praça  que possui um conjunto arquitetônico incrível, com o Stadhuis (Prefeitura) que foi construído em 1300 em estilo gótico.

DSC_0911

Não conseguimos visitar The Basilica of the Holy Blood –  Heilig Bloedbasiliek que fica em uma das ruelinhas.  A basílica é divida em duas capelas que foram construídas no século 12. No interior, há um frasco com o sangue de Cristo.

Bruges também é conhecida por ser a “nova Veneza” devido aos canais.

DSC_0924 DSC_0936

Resolvemos andar um pouco mais pelas ruas, provamos o famoso waffle, a versão brown da cerveja Leffe…Ficamos até anoitecer na cidade, mas não foi uma boa ideia. Achávamos que assim que escurecesse, a cidade estaria iluminada, mas saindo do centro, não foi o que encontramos. Minhas amigas falaram que fomos salvas pela minha memória de GPS, pois não havia sinalização alguma para voltarmos à estação.

IMG_3596

À noite em Bruxelas, fomos no famoso Delirium Cafe – um pub conhecido mundialmente por ter a maior quantidade de rótulos de cerveja do mundo. Fica próximo ao símbolo da cidade, o Manneken Pis  (o menino fazendo xixi).

IMG_3616

No domingo bem cedinho, fomos conhecer o Atomium. Pegamos a linha 6 do metrô e descemos na penúltima parada, Heysel.

DSC_0958 DSC_0985

Na volta, descemos na estação Parc e andamos pelo belíssimo Parc de Bruxelles até chegarmos ao Royal Palace (sede da monarquia belga). O Rei usa o Palácio apenas para celebrações oficiais.

DSC_1010.JPG

DSC_1011

DSC_1021

IMG_3690

DSC_1022

Passamos pelo Jardin Mont des Arts que tem um vista incrível. Ele fica próximo às principais atrações turísticas, como: Musical Instrument Museum, Royal Museums of Fine Arts, catedral da cidade…

DSC_0003

Após seguimos para Grand Place, a praça central de Bruxelas. O local abriga a Casa do Rei e o Hôtel de Ville(Câmara Municipal), um belo edifício de estilo gótico.  Havíamos visitado na noite anterior. À noite, a praça fica com uma beleza indescritível.

IMG_3635 IMG_3639 IMG_3630

Passamos pela galeria inaugurada pelo Rei Leopoldo I em 1847, a famosa: Les Galeries Royales Saint-Hubert.

DSC_0007

A Carol queria muito uma foto com as pinturas das Aventuras do Tintim. É comum este tipo de arte nas ruas.

DSC_0023

Ao visitar a Bélgica, não deixe de beber muitas cervejas (Leffe, Hoegaarden, Kriek, Duvel, Tripel, entre tantas outras; comer a batata belga (a da barraca da rua, servida em um cone de papel, com muito molho); os chocolates divinos como Godiva e Mary. A viagem foi uma delícia, pois além de estar com minhas amigas, renovei minhas energias. Algo que eu estava precisando devido ao turbilhão de sentimentos dos últimos meses.

Leinster College – o pesadelo!

Se não bastasse todos os perrengues que passamos em um intercâmbio, há algo que é a pior sensação em qualquer lugar do mundo: ser roubado. E, isso aconteceu comigo e com mais uns 900 colegas desse lixo de escola. Eu havia acabado de pagar a renovação e iria começar as aulas na semana seguinte. No entanto, após o Halloween, fomos surpreendidos por esse aviso na porta.

school closed

Nessas horas ser “forte” já não é suficiente. A sensação de impotência, a raiva e até um certo descontrole te dominam. O que eu mais tenho tentado é manter a calma e esperar o governo se posicionar para decidir o que fazer. Não é justo ter que pagar um outro curso. A escola estava registrada nas “normas irlandesas” e o governo tem que dar uma opção e, não nos obrigar a pagar outro curso novamente. Essa sensação de impotência está sendo cruel.

A única ajuda que temos é da ICOS (Conselho irlandês para estudantes internacionais) que  é uma ONG que defende os direitos de todos os estudantes internacionais na Irlanda. No momento, estamos aguardando uma posição do governo através desse site: www.studenttaskforce.ie para decidirmos o que fazer. Além disso, todos os alunos prejudicados estão mantendo contato nos grupos do Facebook. Infelizmente, devemos aguardar e eles nos aconselham a não comprarmos outro curso até que o governo se posicione, pois muitas escolas fecharão até janeiro.

protest

Em 2015, como muitas pessoas já estão sabendo, o governo criou novas regras para os intercambistas. À partir de janeiro, as escolas precisarão de certificação (ACELS). Sem ela, a escola não poderá fornecer o visto. Por isso, muitas estão fechando. Não acredite só no que as agências de intercâmbio falam, busque informações nos sites do governo irlandês. Às 40h de trabalho também serão alteradas. Antes trabalhávamos essas horas após concluirmos o curso. Agora, o governo determinará períodos específicos do ano para isso. Às 20h semanais continuam, mas está bem complicado se manter trabalhando só isso e, para as empresas, não é um “bom negócio”.

Muitas pessoas estão voltando para seus países. As escolas estão elevando os preços dos cursos. Atualmente, a renovação está custando em torno de € 2.000 (sendo € 1.500 do curso (o mais barato) + € 150 seguro saúde (média) + €300 GNIB). A Irlanda já foi melhor para os intercambistas. A sensação que eu tenho é que eles só querem que o estudante gaste seu dinheiro aqui, assim como nos outros países onde o visto de estudo não permite trabalhar. Vamos aguardar e torcer para o melhor.

*Fonte foto: Facebook

Hairdresser em Dublin – Roger de Luccas

Antes de qualquer coisa, obrigada pelos mais de 6.000 acessos!!! Espero estar sendo útil no que vocês estejam pesquisando na minha página.

O meu amor pelo Rô irá fazer um ano e foi por acaso. Estava desesperada, pois o hairdresser com que eu havia marcado, desmarcou na noite anterior. Achei o Rô pelos Classificados do FB. Quem faz luzes entenderá meu desespero. Após alguns anos com a Márcia em Porto Alegre seria a primeira vez que entregaria meu cabelo à outra pessoa. E se ficasse horrível? Amarelado? Não abrisse na cor que eu gosto? Essas perguntas me assombravam. O resultado foi melhor que o esperado. O Rô é TOP. Rei das loiras na Irlanda.

Ele sempre me aconselha a fazer máscara uma vez por semana. A nossa água aqui detona os cabelos. Eu estou usando esse combo 1x por semana (http://www.schwarzkopf-professional.com/skp/com/en/home/products/care/bc-bonacure/philosophy.html).

sch

Durante a semana, uso a linha Blonde da John Frieda.

jf blonde

Olhem na página dele o Before/After e vocês poderão ver como ele é TOP.

Vocês podem encontrá-lo:

FB: https://www.facebook.com/roger.deluccas.7?fref=ts

Tropical Hair & Beauty –  83 Lower Camden Street –  Dublin 2

Fone: 089 9567762